A maternidade e seus super poderes!

A maternidade me apresentou um mundo novo cheio de cores novas, alegrias novas, sabores novos, sentimentos novos, um amor incondicionalmente novo e uma força nova que eu nem imaginei existir dentro de mim!

Quando ele chegou tudo foi incrivelmente transformador!!

A maternidade tem tantos prazeres que eu poderia ficar aqui horas e horas contando para vocês todos eles, sem me cansar!

Recebi o poder de acalmar, curar, fazer sorrir e alimentar!

Sim! Eu me tornei capaz de alimentá-lo! Eu era a sua máxima fonte de energia!

1

Tomar consciência deste poder não é tão simples quanto parece ser nas imagens serenas e tranquilas que encontramos na TV de uma mãe amamentando seu filho!

Tomar consciência disto significou suportar dores, febre e cansaço extremo.

Significou interromper várias noites de sono quando a única coisa que eu desejava era dormir pelo menos 3 horas seguidas, abrir mão da comida quentinha no prato porque alguém ali pertinho estava com muita fome e pensar e repensar se aquele pedacinho de chocolate que eu estava pronta para devorar poderia comprometer o alimento que eu oferecia.

Este poder também me revelou os melhores olhares nas longas noites, os melhores sorrisos que me fizeram desejar tantas vezes que os meus olhos fossem uma câmera fotográfica, as melhores trocas de carinho e o melhor aconchego que poderia existir!!

Um ano e oito meses depois descobri que quando as pessoas me diziam “aproveite porque logo logo vai passar!” elas tinham muito mais para me contar!

Como em uma frase que li uma vez: “Não fechem os olhos, aproveitem, deem de mamar como se fosse a última vez, porque o amanhã é sempre um dia incerto e o dia do desmame chega a cavalo… Mesmo para aquelas que insistem em amamentar por muito tempo. Ele também passa, o tempo não perdoa… “

2

Valeu cada momento que eu passei pensando que não daria conta e cada dia que eu acordei pensando que eu poderia mudar o mundo inteiro, só porque aquele pequenino ser dependia de mim!!

Incentivo às grávidas a buscarem informação sobre o assunto, não só no google! Mas procurar por livros, cursos e pessoas que tenham compromisso com a amamentação.

É um ato de amor para com seu filho e para com você mesma!

É um ato de agradecimento à natureza e à Deus que concedeu à nós mulheres esse poder tão mágico de nutrir nosso próprio filho!

Ps: Este texto é um relato da minha experiência e livre de qualquer tipo de julgamento porque para mim:

3

Anúncios

Comente aqui

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s